Perspectivas

Ontem conversava com uma amiga sobre as emoções relacionadas com a infertilidade. Falo abertamente sobre a infertilidade sempre que posso, virtualmente é ainda mais fácil do que cara-a-cara. Mas é algo que requer treino e tento dar sempre atenção à vozinha que me espicaça cá dentro… “diz! diz!”

Com pezinhos de lã, a minha amiga disse-me que se eu não quisesse falar não havia problema. Mas eu quis. E quero. Faz sempre bem falar, faz ainda melhor sentir que conseguimos ajudar alguém com as nossas palavras. Perguntava-me ela como é que eu geria o sentimento de nunca conseguir vir a ser mãe. Pergunta de difícil resposta.

Esta amiga já é mãe. Por motivos de saúde, os médicos desaconselham uma nova gravidez. Explicou-me que tinha passado uma gravidez tão complicada que queria muito engravidar de novo para ter uma experiência positiva.

Como? Será que li bem?

O ser humano é maravilhoso. Tantas pessoas que conheço que não querem repetir determinadas experiências porque o passado as marcou negativamente. E encontro alguém que me diz precisamente o contrário.

No mínimo, inspirador.

Advertisements

3 thoughts on “Perspectivas

  1. Boa noite,

    São preciamente 23:54 do dia 6 de julho que lhe escrevo directamente do quarto do hospital em que nasceu o meu filho na passada sexta dia 4.
    Escrevo-lhe porque me sinto na obrigação de me associar à sua (vossa) história em especial por saber o quão duro é o caminho de um casal que apresenta dificuldades em gerar um filho de uma forma natural.
    O nosso caminho enquanto casal foi longo e penoso até, não chegámos a ter a experiência de aborto expontâneo como aqueles que sofreu ( experiência que imagino ser devastadora), mas tivemos várias tentativas de icsis e tecs falhadas que causam um grande desgaste físico para a mulher e emocional para o casal.
    Finalmente em outubro de 2013 após uma tec de uma icsi mal sucedida anterior conseguimos aquilo que mais desejávamos apenas com o último embrião que restava contrariando todas as estatísticas.
    Deixo-vos aqui uma mensagem de apoio e de esperança para que consigam o mais desejado e que acima de tudo se unam enquanto casal para superar as adversidades que nos vão sendo “oferecidas” ao longo da nossa vida.

    Um forte abraço,

    João

  2. Acho optimo falares! É terapêutico! Mas confesso que passado algum tempo senti que os meus amigos já não queriam ouvir… Acabei por me virar muito para o mundo digital e os desconhecidos, confesso, embora com esses a comunicação não tem a mesma profundidade e me deixava também insatisfeita…

  3. Olá

    Eu estou a meio de um processo de FIV ISCIS e TEC e nunca imaginei que quem está ao meu redor iria reagir assim…
    O que me tem dado força é sem dúvida a maravilhosa relação que tenho com o meu marido e o meu blog.
    Criei um blog onde escrevo tudo o que se passa comigo, tudo o que me passa pela cabeça… assim tem sido mais fácil passar por tudo isto.

    Beijinho
    _____________________________________________________________________________
    https://onossosonho.wordpress.com/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s